Triquicibernautas

22/04/2015

Nos últimos dias temos vindo a falar da floresta, das árvores e das flores, tudo em torno de duas lindíssimas histórias - "A Árvore Generosa" e "A Maior Flor do Mundo". E hoje, em pleno dia da terra, e no nosso tempo de rotina "Conhecer novos pintores", fomos conhecer um pintor que pintava a natureza e as flores assim: 


Falamos de Romero Britto, um artista brasileiro de Pernambuco, a viver atualmente em Miami , é conhecido pelo seu estilo alegre e colorido, por ser seguidor da Pop-Art, e é considerado como um dos artistas mais prestigiado pelas celebridades americanas. Tem como mestre o grande pintor Picasso.


Depois de conversarmos sobre Romero Britto, visualizamos este pequeno vídeo, para conhecermos melhor a sua vasta obra.

De seguida alguns de nós deitamos mãos à obra, e decidimos criar a nossa "Maior Flor do Mundo" inspirados neste pintor! E estas flores são ao mesmo tempo, geometria e arte. Senão vejamos: De forma prazerosa, descobrimos as linhas, através do uso da régua, formas, curvas e muito mais.



As cores de Romero Britto, não são esquecidas, e traduzem aqui um sentimento de beleza criativa, em conjunto com o resto da pintura...

E até alguns dos nossos amigos de 3 anos, se aventuraram a elaborar a sua flor, inspiradas em Romero Britto.




 E cá estão algumas das produções já terminadas...




E os artistas, que não descansaram enquanto não fizeram uma foto...


E terminamos por hoje citando Romero Britto - "Todas as telas nascem em branco. A decisão de colorir é toda sua."

2 comentários:

Paulo Topa disse...

Mais uma vez, gostei muito. Deixo-vos um desafio: como seria, o que pensaria, o que sentiria a flor mais pequena do mundo?
Abraços e beijinhos para todos... E um muito grande para a Triquiteira mais experiente!

Há muitos puzzles giros com obras dele

Apontamentos sobre Educação de Infância disse...

Andava aqui pelas minhas leituras, e acabo de ver "isto", achei que fizesse sentido, por isso partilho:
"A expressão é como um vulcão, algo que brota espontaneamente, algo que vem do interior, das entranhas, do mais profundo do ser. Exprimir é tornar-se um vulcão. Exprimir-se significa realizar um acto, que não é ditado, nem controlado pela razão" (Stern, 1991)

Enviar um comentário

QR code

QR code
 
Copyright (c) 2010 Triquiteiros de S.João. Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.