Triquicibernautas

27/10/2016

Afinal, há crianças que brincam na rua, que, brincam no monte, que brincam em espaços verdes encantados, de uma beleza ímpar.

 Há crianças que soltam risos emaranhados com folhas e sol de outono...
Há crianças que rapidamente criam e (re)criam espaços de faz de faz de conta...e logo aparece uma fogueira para o S, Martinho que se avizinha.
 Há crianças que se ajudam mutuamente, num trabalho cooperado e partilhado...
 Há crianças que entre as brincadeiras, trocam confidências e combinam novas aventuras.

Há crianças que tentam perceber quantos braços são necessários para abraçar o o velho carvalho.
 Há crianças que querem levar o musgo para o Natal...Pois ele está  porta.
 Há crianças que brincam assim, entre tapetes de folhas e musgo fofo.
 Há crianças que descobrem as Laranjeiras e os Diospireiros.
 Há crianças que se deliciam com os cogumelos.

 Há crianças que respiram o ar puro do monte gritam de felicidade.
 Há crianças que se encantam com os cavalos e as vacas.


HÁ CRIANÇAS FELIZES!!!

E...

Quando as crianças brincam
E eu as oiço brincar, 
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar.
E toda aquela infância
Que não tive me vem, 
Numa onda de alegria 
Que não foi de ninguém.
Se quem fui é enigma, 
E quem serei visão, 
Quem sou ao menos sinta 
Isto no coração. (Fernando Pessoa)


2 comentários:

Era uma vez... disse...

Olá amiguinhos. Não posso deixar de comentar, adorei esta vossa página de aventuras. O passeio, as folhas, o outono e...o maravilhoso Fernando Pessoa. Parabéns! Parabéns pela excelencia!

Laura e piratinhasnoji.blogspot.com

Rosa Alves disse...

Muito obrigada pela visita Laura. Beijinhos Triquiteiros para os Piratinhas.

Enviar um comentário

QR code

QR code
 
Copyright (c) 2010 Triquiteiros de S.João. Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.